O Blog Brasileiro no Exterior

Archive for março \23\UTC 2011|Monthly archive page

Copa 2014 – A Situação Precária dos Aeroportos Brasileiros

In Uncategorized on março 23, 2011 at 10:50 pm

A maior parte das obras previstas para os aeroportos da Copa de 2014 serão insuficientes para atender à demanda de passageiros já em 2016, dois anos depois do evento esportivo.

De acordo com o estudo, ao menos 12 aeroportos das cidades-sede permanecerão com gargalos depois do Mundial. O motivo é a crescente demanda de passageiros, que poderá dobrar nos próximos sete anos. As exceções são os aeroportos de Brasília, Fortaleza, Manaus e Rio de Janeiro (Galeão).

A Infraero, estatal que administra os aeroportos brasileiros, projeta investimento de R$ 5,4 bilhões em 16 terminais da Copa, mas vem enfrentando problemas para começar as obras.

O estudo da Coppe se baseia em padrões internacionais de medição. Um terminal aeroportuário confortável deve ter ao menos 23 m2 por passageiro doméstico no horário de pico, e mais 14 m2 por passageiros internacionais.

No entanto, os pesquisadores cariocas concluíram que, depois de terminadas as obras para a Copa, ainda haverá carência de 366 mil m2 para atender à demanda.

“A média internacional, que levantamos em 114 aeroportos, é de 29,98 metros quadrados por passageiro na hora-pico, enquanto, no Brasil, a maioria está abaixo de 23 metros quadrados. E essa situação não irá melhorar com as obras previstas pela Infraero”, afirma Fernandes.

A Coppe estima que, mesmo antes do Mundial de futebol, os aeroportos das cidades-sede já estarão operando acima do limite. Com isso, os três milhões de visitantes (brasileiros e estrangeiros) esperados para o evento podem enfrentar problemas para se deslocar durante a competição.

Projeções irreais
De acordo com os pesquisadores, a demanda prevista pela Infraero para os aeroportos está subdimensionada. Em 2014, os 16 terminais analisados devem receber 187,48 milhões de passageiros, número que representa crescimento de 46,7% em relação à demanda de 2010, que foi de 127,72 milhões.

De acordo com o estudo, o acréscimo de 60 milhões de embarques e desembarques é bastante superior ao número levado em conta pela Infraero no planejamento da expansão do setor.

Os aeroportos que deverão ter a maior taxa de crescimento são Viracopos (Campinas-SP), com 91%, e o Galeão, com 73%.

Para a Copa 2014 “decolar”, o Brasil precisará resolver o problema dos aeroportos.

Anúncios

Manifestação Racista e Vandalismo em Pizzaria Brasileira na Califórnia

In Uncategorized on março 2, 2011 at 1:43 am

No início de Fevereiro, um acontecimento na cidade de San Rafael, virou manchete por toda a Califórnia – a pixação da recém inaugurada Pizza Orgásmica do empresário brasileiro Taylor Maia, por funcionários da concorrente “Extreme Pizza”, que foram presos em flagrante. As circunstâncias do episódio e a pixação em si, levantaram suspeitas de que existia algo mais por trás desse episódio, além da concorrência comercial.

A Pizza Orgásmica é uma cadeia de restaurantes fundada em San Francisco na Califórnia, que conta hoje com quatro filiais na Bay Area. O nome provocante, juntamente com um menu que inclui ítens sugestivos como “Doggie Style, Latin Lover, etc…”, caracterizam e diferenciam a Orgásmica da concorrência.

Em uma sociedade puritana e muitas vezes hipócrita, é de se esperar que esse tipo de linguagem incomodasse alguns indivíduos mais conservadores. Mas o ambiente aconchegante e exótico da Orgásmica, a cerveja (da casa), seu cardápio delicioso e bem criativo, conquistam rápido o público, já cansado dos mesmos restaurantes (boring) de sempre, e que no fundo anseia por algo novo e diferente.

Mas qual seria a real mensagem na pixação – “$, GO HOME”? Seria um simples vandalismo, uma tentativa de intimidação ou quem sabe até uma mensagem racista, considerando que o dono da Orgásmica é um imigrante? Um outro fato a ser considerado, é que a cidade de San Rafael recebeu reclamações dos “moradores”, sobre o tom do amarelo da pintura externa da Pizza Orgásmica. Uma audiência para análise do caso foi marcada na prefeitura da cidade, na qual os “pixadores” (da Extreme Pizza) estavam presentes e se manifestaram contra a cor da pintura.

Como esse episódio afetou o proprietário da Pizza Orgásmica?

Taylor Maia reagiu de forma categórica – nada vai parar nosso sucesso! – Parace que todos esses acontecimentos geraram mais motivação, no sempre otimista e bem-humorado Taylor. A controvérsia e repercussão geradas pelo ocorrido, parecem ter despertado a curiosidade do público, considerando o ótimo movimento da Pizza Orgásmica em San Rafael, desde a sua inauguração.

Desejamos a Pizza Orgásmica, longos anos de sucesso e prazer!

Celso Braz – Editor